La experiencia de los representantes del sistema judicial y sus relaciones con los habitantes de los distritos en la región Norte de Goiás (1870-1900)

  • Rita de Cássia Guimarães Melo

Resumen

Este estudio es el resultado parcial de una investigación realizada a partir de documentos del poder judicial referidos a la región Norte de Brasil (1870-1900). Nuestro objetivo es caracterizar y discutir acerca de la experiencia de los agentes del sistema judicial y sus relaciones con los habitantes de la provincia de Goiás. Analizamos tres procesos de denuncia contra Domingos Batista de Araujo, fiscal acusado de improbidad y víctima de dos supuestas golpizas. A la luz de una investigación intensiva en periódicos publicados en la región, buscamos reestablecer las motivaciones de los implicados y recomponer la situación funcional de los agentes citados en los autos.

Palabras clave: Brasil, Provincia de Goiás, poder judicial, proceso criminal, metodología

Descargas

Descargar los datos que aún no están disponibles

Citas

Fontes
Fontes primárias
Arquivo

Processo de Espancamento Promotor Domingos Baptista de Araujo, 1891-1892, http//www.esmat.gov.br#.
Processo Salvador versus Domingos Baptista de Araujo, 1889-1894, http//www.esmat.gov.br#.
Processo Bernardino Augusto Pinheiro Canguçu versus Francisco Pereira Lobato, 1889-1893, www.esmat.gov.br./.
A Tribuna Livre, http://memoria.bn.br/DocReader/717592/278/.
BRASIL-RMJ Relatório do Ministério da Justiça. Rio de Janeiro: Secretaria de Estado do Negócios do Império, 1880. http://brazil.crl.edu/bsd/bsd/u1880/contents.html.
BRASIL-RMAIC. Relatório do ministro da Agricultura Indústria e Comércio enviado ao Presidente da República. Rio de Janeiro: Imprensa Oficial,1926. http://brazil.crl.edu/bsd/bsd/u2022/000001.html.
Correio oficial de Goyaz, http://memoria.bn.br/DocReader/index,html.
Espírito Santo, Brigadeiro Felicíssimo do. Relatório apresentado à Assembleia Provincial de Goiás em 20 de outubro de 1887, http://brazil.crl.edu/bsd/bsd/331/index.html#.
Goyaz. Órgão do partido liberal, http://memoria.bn.br/DocReader/1880-1900,index.
Leite Moraes, Joaquim de Almeida. Relatório dirigido à Assembleia Legislativa Provincial de Goyaz, em 30 de novembro de 1881, http://brazil.crl.edu/bsd/bsd/331/index.html#.
O Estado de Goyas, http://memoria.bn.br/DocReader/246590/17.
O publicador goiano, http://memoria.bn.br/DocReader/716774/5.

Fontes Secundárias
Livros

Adorno, Sergio. Os aprendizes do poder. O bacharelismo liberal na política brasileira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.
Arruda, Jose J. Andrade. História Moderna e Contemporânea. São Paulo: Ática, 1981.
Bourdieu, Pierre. Razões práticas: sobre a teoria da ação, trad. Mariza Corrêa. Campinas: Papirus, 1996.
Carvalho Franco, Maria Silvia. Homens livres na ordem escravocrata. São Paulo: Instituto de Estudos Brasileiros, Universidade de São Paulo, 1969.
Chalhoub, Sidney. Visões da liberdade: uma história das últimas décadas da escravidão na corte. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.
Ferreira de Salles, Gilka Vasconcelos. Economia e escravidão na Capitania de Goiás, Goiânia: Cegraf/Universidade Federal de Goiás, Coleção Documentos Goianos, núm. 24, 1992.
Ginzburg, Carlo. O queijo e os vermes. O cotidiano de um moleiro perseguido pela Inquisição, trad. Maria Betânia Amoroso. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.
Ginzburg, Carlo. O fio e os rastros. Verdadeiro, falso, fictício, trad. Rosa Freire d’Aguiar e Eduardo Brandão. São Paulo: Companhia, das Letras, 2007.
Hunold Lara, Silvia. Campos da violência: escravos e senhores na Capitânia do Rio Janeiro, 1750–1808. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.
Hunold Lara, Silvia. “Legislação sobre escravos africanos na América portuguesa”, em Gallego, José Andrés (coord.), Nuevas aportaciones a la Historia Jurídica de Iberoamérica. Madrid: Fundación Histórica Tavera -Digibis-Fundación Hernando de Larramendi, Colección Proyectos Históricos Tavera, 2000.
Levi, Giovanni. A herança imaterial: trajetória de um exorcista no Piemonte no século XVII. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000.
Mello e. Souza, Laura. Desclassificados do ouro: a pobreza mineira no século XVIII. Rio de Janeiro: Graal, 1982. Mello e. Souza, Laura. O sol e a sombra. Política e administração na América Portuguesa do século XVIII. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.
Prado Jr., Caio. Formação do Brasil contemporâneo. São Paulo: Brasiliense, 1942.
Revel, Jacques (org.). Jogos de escalas. A experiência da microanálise, trad. Dora Rocha. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1998.
Spiller Pena, Eduardo. Pajens da casa imperial: jurisconsultos, escravidão e a Lei de 1871. Campinas: Unicamp, 2001.
Thompson, Edward P. Costumes em comum: estudos sobre a cultura popular tradicional, trad. Rosária Eichenberg, 2a ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.
Viana, Oliveira. Populações meridionais do Brasil. Brasília: Senado Federal, núm. 27, 2005.
Viotti da Costa, Emília. Da senzala à colônia. São Paulo: Brasiliense, 1989.Wolmer, Antônio Carlos. História do direito no Brasil. 3 ed. rev. e amp., Rio de Janeiro: Forense, 2002.

Capítulos de livros

Nunes Ferreira, Gabriela. “Visconde do Uruguai: teoria e prática do Estado brasileiro”, em Botelho, André e Moritz Schwarcz, Lilian (org.). Enigma chamado Brasil, São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

Artigos de revistas

Arruda, Jose J. Andrade. “Experiência de classe e experimento historiográfico em E. P. Thompson”, em Revista do Programa de Estudos Pós-graduados de História, vol. XII, São Paulo, Pontifícia Universidade Católica, 1995.
Dolhnikoff, Miriam. “Elites regionais e a construção do estado nacional”, em Jancsó, István (org.). “Brasil: formação do Estado e da nação”, em Estudos Históricos, núm. 50, São Paulo: Hucitec/Unijuí/Fapesp, 2003.
Ehlert Maia, João Marcelo. “Governadores de ruínas: os relatos de viagens de Couto Magalhães e Leite Moraes”, em RevistaEstudos Históricos, núm. 40, Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, julho/dezembro de 2007.
Eisenberg, Peter. “Ficando livre: as alforrias em Campinas no século XIX”, em RevistaEstudos Econômicos, vol. II, núm. 17, São Paulo: Universidade de São Paulo, maio/agosto de 1987.

Publicações na Internet

Melo, Rita C. Guimarães. “Vaqueiros e coronéis no Vale do Alto Tocantins (1889-1893): relato de um crime anunciado”, em Associação Nacional dos Professores Universitários de História: conhecimento histórico e diálogo social XXVII, Natal, 2013, http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1376953581_ARQUIVO_ArtigoAnpuh-16-08-2013.pdf.
Sá Netto, Rodrigo. “O Império brasileiro e a Secretaria de Estado dos Negócios da Justiça (1821–1891)”, em Memória da Administração Pública Brasileira, Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, Cadernos Mapas núm. 2, 2011, http://www.portalan.arquivonacional.gov.br/media/2011#.

Teses

Rodrigues, Neuma Brilhante. Nos caminhos do Império: a trajetória de Raimundo José da Cunha Mattos, (tese doutorado), Brasília: Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, 2007
Publicado
2017-06-07
Cómo citar
GUIMARÃES MELO, Rita de Cássia. La experiencia de los representantes del sistema judicial y sus relaciones con los habitantes de los distritos en la región Norte de Goiás (1870-1900). ANUARIO DE HISTORIA REGIONAL Y DE LAS FRONTERAS, [S.l.], v. 22, n. 2, p. 49-69, jun. 2017. ISSN 2145-8499. Disponible en: <http://vie.uis.edu.co/index.php/anuariohistoria/article/view/6337>. Fecha de acceso: 23 nov. 2017 doi: https://doi.org/10.18273/10.18273/revanu.v22n2-2017002.